segunda-feira, maio 21

Vida Nova


Estou prestes a completar meu primeiro mês morando definitivamente sozinha, ainda nem aprendi direito a lavar minha própria roupa e... arranjei um FILHO! Um persa cinza de olhos verdes/cinzas lindo! O nome dele é Clicquot, de Veuve Clicquot, mas nem sei se continuará sendo... Não estou gostando muito dessa alcunha não...

Na última semana, fiquei cuidando de dois gatos, um pequeno que mia e um grande que fala. Os dois estavam passando mal, com o mesmo problema. Fui enfermeira dupla e deu tudo certo!

Apesar das mudanças e novidades, venho me dedicando a pensar em um monte de coisas e a não refletir também sobre nada. Entendeu o que eu disse? Venho trabalhando a “não-ansiedade” e a “não-imaginação”. É a forma que arranjei de não ceder à tentação do radicalismo. Minha meta a curto e a médio prazo é o “caminho do meio” (leia “A Alma Imortal”, de Nilton Bonder, para entender o que estou falando).

Por outro lado, nunca tive tanta vontade de ser sincera e de assumir o que estou sentindo, quais são minhas emoções e quem sou eu (mesmo que eu não saiba exatamente o que isso quer dizer). Simplesmente não estou sentindo vergonha alguma de falar. Mesmo que contrarie o ouvinte. Dane-se. Prazer! Eu sou assim! Vai continuar gostando de mim?
(...)

Bom filme o “Lady Vingança”, do diretor Park Chan-Wook, o mesmo de “Old Boy”. Mas é muito pesado!!!!!!!!! Quem não gosta de cenas fortes, não deve assistir. Ah! E um conselho: não assista num domingo à noite, como eu fiz. Passei a noite inteira sonhando que estava assassinando uma coreana.

Um comentário:

sandro barretto disse...

ah, não! um gato?! persa?! e cinza?! acho que vou ficar mais 10 anos sem ir na sua casa. a não ser que vc consiga me aguentar espirrando de 2 em 2 minutos.
:-P
ser sincera faz bem... go ahead!
bjão